Páginas

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

sábado, 8 de agosto de 2015

Ilha das Bruxas - capítulo 1 (parte 1/2)



Elas ainda vivem nesta ilha.

AMANHÃ - DIA DOS PAIS E DIA DA MINHA MÃE!

Minha mãe,

meu tesouro cheio de joias raras...

Quando ela inicia uma prosa,
sempre trás à lembrança
o marido que um dia viajou escondido
e a deixou para trás
com os seus três filhos.

Ela caiu,
perdeu a memória...
Não suportou ver seu grande amor ir-se embora.

Ao acordar,
no momento seguinte,
já não sabia mais quem era Eu...

Apavorada,
corri ao andar debaixo
a pedir socorro...

O dono do sobradinho onde morávamos,
chamou um táxi...

Minha Mãe foi levada a um lugar onde criança não podia entrar...
Só os adultos da família.

Ela passou quatro meses
sem saber quem era Ela mesma.

Liberada as visitas,
para acalmar o coração dos filhos,
corri ao seu encontro.
Foi terrível!

Minha Mãe caminhava pelo ambiente
sem perceber sua prole...
Parecia um zumbi.
Ela já não era mais a mesma.

Fiquei sem saber o que pensar.
Dizem que criança não pensa,
mas Eu tentei entender...
Ainda lembro-me desse momento.

Passado o Tempo em tratamento de choque elétrico,
para acordar a memória...
Finalmente chegou o grande dia:
Minha mãe acordou e sorriu para mim,
como se houvesse acordado de um sonho.

Passado algumas semanas,
ela recebeu alta e voltou para nós.

O Tempo passou ligeiro...

Minha mãe casou outra vez.
Casou a pedido dos filhos,
por uma sacola de pão,
um pacote de manteiga,
uma garrafa de leite fresco...

Tivemos mais quatro irmãs.
Ganhamos um padrasto que nada nos deixava faltar.
Entretanto,
para comer um ovo,
uma banana
ou um pão,
era preciso pedir permissão.

O tempo passou mais um pouco...
Aos dezoito anos,
fui visitar meu pai...
Ele já não me conhecia mais.
Seus outros filhos haviam nascido.
Eu era criança,
no tempo da sua partida para bem longe.

Sua companheira,
numa das minhas visitas,
disse alto,
e em bom tom:

- Se fosse preciso, eu faria tudo outra vez. Fiz o que fiz, por amor!

Então,
fiquei a me perguntar:

"Que amor é esse, que é capaz de separar o pai dos filhos?"
E conversei cá com os meus botões:
"Se amar é assim, prefiro não amar jamais... O resultado desse amor ainda dói..."

O Tempo passou mais um pouco...
Durante minhas duas férias anuais,
Eu gostava de estar com meu Pai.
Nós dois brincávamos deito crianças...
São boas todas as lembranças dos momentos que vivi ao lado dele.

Todos os filhos cresceram
e até tiveram os seus próprios filhos...


Numa tarde verão,
liguei para falar com meu Pai...
A madrasta,
do outro lado da linha,
falou alto e em bom tom:

- Não ligue mais para cá. Teu Pai nunca mais vai falar com você... Quando ele morrer, nenhum de você vai saber...

O telefone fez PI PI PI PI...
Nunca mais voltei a falar com meu Pai.
O falado foi concretizado.
Chorei todas as vezes que tentei ouvir a voz de meu Pai.

O telefone de sua casa,
tinha a tal de Bina,
o identificador que me denunciava.

O Tempo passou...

Casei sem ter o orgulho de ter sido conduzida ao altar
por meu Pai.

O Tempo continuou a passar.

Tive meus dois filhos
que nunca conseguiram chamar meu Pai de VOVÔ.

Se aquela mulher não tivesse impedido,
meus filhos teriam conhecido meu Pai.
que teria dado o seu carinho incrível
aos netos gerados por mim.

Também,
aos netos gerados por meus dois irmãos.

O Tempo passou mais um pouco...

Meu pai viajou para o infinito,
a deixar saudades.
Mesmo distante,
Eu sabia que tinha meu pai.

Ele sempre vai ser o meu HERÓI!

Amanhã,
Dia 09 de agosto,
Minha Mãe completa 77 anos
ao nosso lado.

Sem ela,
o mundo,
em FAMÍLIA,
já não seria tão interessante.

O Tempo continua a passar...

Agora estou resgatando os meus familiares paternos.
Com a ajuda do meu primo segundo (paterno),
Donatílio Aguiar,
encontrei meu tio paterno:
tio Narbal da Mata

(da esquerda à direita: Meu Tio, Eu, minha prima irmã Maria de Lourdes da Mata e meu primo segundo - do outro lado da câmera, estavam: meu filho Natan Leal e meu tio Joel da Mata)

Minha família paterna
vive no Sul da Ilha de SC,
desde o Tempo da antiga
Nossa Senhora do Desterro.

Abracei meu tio Narbal
e consegui matar um pouco da saudade de meu Pai!

QUE DEUS CONTINUE SEMPRE AO NOSSO LADO,
À NOSSA FRENTE,
ATRÁS DE TODOS NÓS...

E QUE NENHUM DE NÓS ESQUEÇA QUE
SEM PAI,
NEM MÃE,
POR MUITO QUE A CIÊNCIA FIQUE A PROMETER:
OS FILHOS DEIXAM DE EXISTIR.

Então,
Hoje Eu SAÚDO o DIA de 09 de AGOSTO de 2015.

Esta é uma história que compõe as minhas experiências cheias de saudades.

(Claudete T. da Mata)


domingo, 29 de março de 2015

CURRICULUM VITAE (Em elaboração)

1. Identificação: Claudete da Mata

2. Formação acadêmica
Graduação: Licenciatura em Pedagogia/MA, pela UNIVALI/SC/1994
Habilitação: Orientação Educacional
Especialização: Lato Senso em Psicopedagogia, promovido pela Universidade do Vale do Itajaí/UNIVALI/SC, 1995 a 1996.

Mestrado: Psicopedagogia Clínica e Institucional, pela Universidade do Sul de SC/UNISUL, 2004.Dissertação: “Dificuldades de aprendizagem nas práticas pedagógicas de professores do Ensino fundamental, e as possibilidades de reconstituição dessa realidade”.

Mestrado: Psicopedagogia Clínica e Institucional, pela Universidade do Sul de SC/UNISUL, 2001 - 2004. 

Dissertação: “Dificuldades de aprendizagem nas práticas pedagógicas de professores do Ensino fundamental, e as possibilidades de reconstituição dessa realidade”.

3. ATUAÇÕES PROFISSIONAIS

INSTITUIÇÃO: Fundação Catarinense Do Bem Estar Do Menor


CARGO QUE OCUPOU: Professora – 1ª a 4ª Série do!º Grau.


PERÍODO: 09/07/85 a 31/12/87


CARGO QUE OCUPOUProfessora de estimulação da psicomotricidade para alunos com dificuldades de aprendizagem


PERÍODO: julho de 1985 a 1994
LOCAL: Palhoça/SC


Julho de 1885: Quando começou a contar histórias em sala de aula, para animar os conteúdos curriculares e estimular nos alunos o gosto pelo livro e a arte de ler com alegria. Sem ter formação em arte cênica, nem em contação de histórias, comecei a levar os bonecos para sala de aula. Também, a arte de confecção de bonecos que conversavam com os alunos. Até a confecção de livros artesanais, em sala de aula, para estimular o processo criativo e a estruturação textual. O primeiro texto trabalhado foi sobre os peixes pescados no município de Palhoça: Tainhotas: Filhotes da Dona Tainha! Experiências que jamais vão sair da minha memória.

INSTITUIÇÃO: Centro Educacional Dom Orione/CEDO/Paróquia de Capoeira, Bairro de Florianópolis/SC
CARGO QUE OCUPOU: Coordenação Geral
PERÍODO: 1995

INSTITUIÇÃO: Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e da Família
CARGO QUE OCUPOU: Técnica de Atenção às Creches Comunitária, e Ministrante do Seminário “Criança Cidadã, Sujeito de Direitos”
LOCAL: Florianópolis e Caçador/SC (1998 - 1999)
Nesta mesma Secretaria, ocupou o cargo de Gerente de Creches Comunitárias
PERÍODO: 1995 - 1998
LOCALFlorianópolis/SC

INSTITUIÇÃO: Secretaria Municipal da Educação de Angelina/SC, foi Ministrante da Oficina Psicopedagógica  “Dificuldades de Aprendizagem”
PERÍODO: 02 a 06/02/1998
LOCALAngelina/SC

INSTITUIÇÃO: Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e da Família, foi Ministrante do Seminário “Criança Cidadã/Sujeito de Direitos”, onde desenvolveu a Oficina  Pedagógica: O Papel do Brinquedo e da Brincadeira na Educação Infantil
PERÍODO: 09 a 13/03/1998
LOCALJoinville, São Joaquim, Mafra/SC

INSTITUIÇÃO: Secretaria Municipal de Angelina/SC, onde foi Ministrante do Curso “Habilidades Básicas na Educação Infantil”; Oficina Pedagógica: “O Papel do Brinquedo e da Brincadeira na E cação Infantil”
PERÍODO: 08 a 12/02/1999
LOCALAngelina/SC

INSTITUIÇÃO: Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e da      Família
CARGO QUE OCUPA: Pedagoga da Coordenadoria Regional da Família, sendo responsável pela Coordenação de Projetos de Continuidade: Qualificação do “Professor Leigo” e “O Vô Sabe”.
PERÍODO:1999 -2000/SC

INSTITUIÇÃO: E. E. Governador Ivo Silveira/Palhoça/SC
CARGO QUE OCUPA: Professora substituta, do segundo, terceiro e quarto Magistério - Disciplinas: Didática da Educação Infantil e das Séries Iniciais; Sociologia e Estrutura de Ensino.
PERÍODO: 2000/Palhoça/SC

INSTITUIÇÃO: UNAP – Unidade de Apoio Psicopedagógico
CARGO QUE OCUPA: Especialista em Psicopedagogia com atuação Clínica
PERÍODO: 1997 – 2009/Florianópolis/SC

INSTITUIÇÃO: UNISUL / Fundação Catarinense de Educação na Empresa
CARGO QUE OCUPOU: Coordenadora e Ministrante do Curso de Capacitação de Professores: “Repensar as dificuldades de aprendizagem; O Papel do Brinquedo e da Brincadeira: Do conteúdo ao encontro do lúdico; Alfabetização e Matemática: Limites e possibilidades na educação infantil e séries iniciais; Teatro Interativo: fazer aprendendo a aprender com Bonecos de manipulação direta”.
MUNICÍPIOS: Palhoça (duas turmas), Paulo Lopes, Nova Trento, Bom Retiro, São Bonifácio, Rodeio, Anitápolis, Gaspar (duas turmas), Canelinha, Major Gercino, Marema, Anita Garibaldi, Santo Amaro da Imperatriz (duas turmas), Brusque, Morro da Fumaça, Florianópolis (quatro turmas), Garopaba, São José (duas turmas), Piçarra, Brusque.
PERÍODO: 2000 – 2004

INSTITUIÇÃO: Coopereduca de Educação Catarinense - CECOPE
CARGO QUE OCUPA: Ministrante do Curso de “Oficina de Escuta e Práticas Pedagógicas: Uma abordagem do processo de aprendizagem na Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental”.
PERÍODO: 2003/Florianópolis/SC

INSTITUIÇÃO: Coopereduca de Educação Catarinense - CECOPE
CARGO QUE OCUPOU: Ministrante do Curso “Arte como instrumento de ensino, desenvolvimento e aprendizagem na Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental”.
PERÍODO: 2004/Grande Florianópolis/SC

INSTITUIÇÃO: Unidade de Apoio Psicopedagógico, UNAP, Florianópolis/SC
CARGO QUE OCUPOU: Ministrante dos Cursos: “O papel do brinquedo e da brincadeira no processo de ensino e aprendizagem, na Educação Infantil e nas Séries Iniciais” /09 a 28/02/2004; “Dificuldades de aprendizagem que professores da Educação Infantil e das Séries Iniciais identificam no cotidiano de suas práticas” /26/07 a 07/08/2004; Oficina “Arte Educação – Nível I: Processo de desenvolvimento da psicomotricidade e das funções cognitivas da criança” e “Arte Educação - Nível II”/2005; “Aprender e Ensinar através da Arte de Contar Histórias: Técnicas de Contos para o Ensino Infantil, Séries Iniciais, Ensino Fundamental e Médio/2005”

INSTITUIÇÃO: SESC/SC
Na qualidade de Contadora de Histórias, participou da “1ª Maratona de Contos de Jaraguá do Sul”
PERÍODO: 20 a 22/09/2006.

INSTITUIÇÃO: Teatro da UFSC
Na qualidade de Atriz, participou da peça “Édipo Rei”, de Sófocles, e “A greve do sexo”, de Aristófanes/11 e 12/07/2008

INSTITUIÇÃO: Grupo Teatral Boca de Siri / INSTITUTO FEDERAL DE SC (IF-SC), na personagem “Benzedeira Gamboa”, na peça “Seo Frankolino e o Fantástico da Ilha”, com 5 apresentações em 2009 (IF-SC, TAC E TEATRO ADOLPHO MELLO/SJ, incluindo uma apresentação no Centro de Eventos Ulisses Guimarães Rosa/Brasília, e mais 3 APRESENTAÇÕES no segundo semestre de 2010.

INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SC - UDESC


Na qualidade de Atriz, participou da 3ª Semana Ousada de Artes UFSC & AMP e UDESC, em “O Contador de Histórias e a Árvore dos Sapatos”/22/09/2010

INSTITUIÇÃO: Cia. De Teatro Letras no Jardim


Na qualidade de Atriz, participou da peça, “O Contador de Histórias e a Árvore dos Sapatos”, no espaço cênico da UDESC, BPSC e em Feira de Livros
PERÍODO:  2008 - 2010
No palco do Teatro da UFSC.
TEMPORADA: 21, 22, 23, 28, 29 2 30 de janeiro de 2011.

OFICINA DE FORMAÇÃO: Teatro de Bonecos: Processo de Confecção de Bonecos Contadores de Histórias.
LOCAL: Biblioteca Pública de SC/FCC
PERÍODO: Agosto de 2011


4. CURSOS EXTRACURRICULARES


INSTITUIÇÃO: UFSC / FAPEU – Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária/UFSC/SDF/SINE/SC
CURSO:  Formação para Professores que Atuam na Formação de Professores Leigos


PERÍODO: 29/06/98 a 03/07/1998/Estado de SC
CURSO: Capacitação para Supervisores de Estágios, pela FAPEU/UFSC
PERÍODO: 30/11 a 01/12/1998/Florianópolis/SC

INSTITUIÇÃO: Secretaria de Estado da Administração de SC
CURSO: Propaganda e Marketing
PERÍODO: 24/08/98 a 31/12/98

INSTITUIÇÃO: Centro de Atividades de Joinville/SC
SEMINÁRIOS: Aplicação da Convenção dos Direitos da Criança e           Adolescente
PERÍODO: 27/06/1996

INSTITUIÇÃO: Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC
SEMINÁRIOS: Iº Ciclo de Debates sobre Educação Infantil
PERÍODO: 24/04/98 a 31/07/1998

INSTITUIÇÃO: OMEP – Organização Mundial para a Educação
Pré Escolar - Palácio Popular da Cultura/Campo Grande/MGS
CONGRESSOS: 2º Congresso Brasileiro de Educação Infantil
PERÍODO: 20 a 24/07/1997

INSTITUIÇÃO: Secretaria de Estado da Educação e do Desporto -SED
CONGRESSOS: 2º Congresso Internacional de Educação de Santa Catarina 10 Anos Da Proposta Curricular da Educação Infantil
PERÍODO: 04 a 08/05/1998/Florianópolis

INSTITUIÇÃO: FEPESE – Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio Econômica.
SEMINÁRIO: II Encontro de Dirigentes da SDF – Plano De Ação/98
PERÍODO: 10 a 12/03/1998/Florianópolis

INSTITUIÇÃO: Editora FTD S/A
PALESTRA: O Processo da Alfabetização em Tempo de Sócio Construtivismo
PERÍODO: 28/06/1999/Florianópolis

INSTITUIÇÃO: Associação de Educação Católica de Santa Catarina
SEMINÁRIO: Afetividade e Sexualidade na Escola 
PERÍODO: 29 e 30/06/2000/Florianópolis

INSTITUIÇÃO: Fundação Catarinense de Educação na Empresa – FECE/SENAI
PRODUÇÕES: Projetos e Módulos: “Repensar”: Um Olhar Psicopedagógico sobre o processo de aprendizagem na educação infantil, ensino fundamental e médio; “O Papel do Brinquedo e da Brincadeira”: Do conteúdo ao encontro do lúdico; Projeto “Pensar e Aprender”: Alfabetização e Matemática na Educação Infantil, Séries Iniciais e Educação de Jovens e Adultos: Limites e Possibilidades”; “Teatro Interativo”: Artes Cênicas: Oficina pedagógica: um instrumento de intervenção psicopedagógica na processo de aprendizagem de crianças  e adultos.
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 2000 – 2004/Grande Florianópolis/SC

INSTITUIÇÃO: Centro Universitário SENAC/SP
CURSO: Programa de Enriquecimento Instrumental – Nivel I e Nível II/2005

INSTITUIÇÃO: SENAC/SC
CURSO: Uso da tecnologia no ensino mediado/Florianópolis/SC/2005

INSTITUIÇÃO: SESC/PRAINHA
CURSO: Formação de Contadores de Histórias/Florianópolis/12/05 a 11/11/2006.

INSTITUIÇÃO: Casa da Cultura Municipal de São José
CURSO: Oficina de Artes Cênicas - Teatro de Bonecos/2006.

INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE FEDERAL DE SC/UFSC
CURSO: Oficina Permanente do Ator (OPT) do Grupo Pesquisa Teatro Novo (DAC) UFSC
PERÍODO: 2007 – 2009/Florianópolis/SC

INSTITUIÇÃO: Grupo Boca de Siri/IFSC
CURSOWorkshop de Monólogos, ministrado pelo Diretor Teatral Carlos Marroco, de SP.
PERÍODO: 2º Semestre de 2010

INSTITUIÇÃO: Salão do Conselho Comunitário de Campinas/São José/SC
CURSO: Oficina de Dramartugia "Interpretação Perceptiva", sob a Direção do dramaturgo paulista Carlos Marroco, em março de 2011.

INSTITUIÇÃO: SESC/Prainha/Fpolis
CURSO: Oficina de "Dramartugia para Roteiristas”, sob a Direção do dramartugo Jô Billac/RJ, fevereiro de 2011 - Oficina de Teatro "MÃOS A OBRA: Princípios Fundamentais de Manipulação de Bonecos, sob a direção de Marcelo F. de Souza [Cia. Experimentus Teatrais]- Atividade do Projeto Intersecções - Intercâmbio de Solos Teatrais", no SESC/Prainha, março de 2011.
PERÍODO: Março e Fevereiro de 2011


INSTITUIÇÃO: Fundação Frankiln Cascaes
OFICINA: “O Ator Autoral e seu Corpo”, ministrado pelo Diretor Ribamar Ribeiro, do Rio de Janeiro/RJ;
OFICINA: “Teatro de Perto”, ministrado pelo Ator Marcelo Airoldi.
PERÍODO: 14 a 18/03/2011/Florianópolis.

INSTITUIÇÃO: Pós-Graduação - Ciências da Informação - Universidade Federal de SC - UFSC

DISCIPLINA ISOLADA: Literatura Infantil, com a Professora Dra. Clarice Caldin
Ano: 2013
DISCIPLINA ISOLADA: Fenomenologia da Narrativa, com a Professora Dra. Ida Freire
Ano: 2014


INSTITUIÇÃO: Olaria Beira Mar de São José/SC
CURSO: Oficina de “Cerâmica Utilitária e figurativa Regional”.
PERÍODO: 2009 a 2012/SJ/SC.

5. APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS:


* Leituras Dramáticas "Lisistrata" e "O Avarento" onde representou a serva Fronzina, sob a Direção de Carmem Fossari, Teatro da UFSC em julho de 2007

* Leitura Dramática "Édipo Rei" onde representou a personagem Jocasta, e "A Greve do Sexo", sob a Direção de Carmem Fossari, Teatro da UFSC em 11 e 12 de julho de 2008

* Décima Primeira Edição do SaraUFSC, apresentou o Espetáculo FESTA DAS BRUXAS, integrando a peça teatral "O contador de histórias e a árvore de sapatos", do Grupo Letras no Jardim.

* Performance "A Festa das Bruxas", em homenagem ao catarinense Franklin Cascaes – Noite de Leituras Dramáticas, Teatro da UFSC em 07 de agosto de 2007

* Grupo Teatral Boca de Siri do IF-SC: Peça Teatral “Seo Frankolino  o Fantástico da Ilha", sob a Direção de Marcia Krieger e Tania Meyer: 8º Didascalico/Mostra de Teatro/Auditório do campus Instituto Federal de Santa Catarina/IFSC, em 14 de setembro; Semana Nacional e 3ª feira de Ciência e Tecnologia do Instituto Federal de Santa Catarina/IFSC/Largo da Alfândega (Miramar) – Peça Seo Frankolino e o Fantástico da Ilha, em 14 de Outubro; Centro Cultural Bento Silva /Casarão da Lagoa em 13 de novembro/Florianópolis; Teatro Álvaro de Carvalho / TAC em 01 de dezembro / Centro de Florianópoli; Theatro Adolpho Mello em 4 de dezembro/São José/SC e Apresentação no FORUM MUNDIAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA E PROFISSIONAL/ Centro de Convenções Ulisses Guimarães de 23 a 27 de novembro/ Brasília/DF/2009. 9º Didascalico/Mostra de Arte/Auditório do campus do Instituto Federal de Santa Catarina em 21 de setembro / Florianópolis/SC, e apresentação no Ginásio do Município de Anitapolis em 23 de outubro/SC/2010.

INSTITUIÇÃO: Grupo Teatral EXPRESSARTE - Bonecos em movimentos: Peça Teatral "lendas da Ilha de Santa Catarina: O Santuário das Bruxas" (Contos de Franklin Cascaes, da Tradição Oral e Vivências de Infância...), sob a direção de Claudete da Mata e Joel Vigano, com apresentações nos seguintes locais:


* Benzedeira Gamboa no Evento Açorfest, no município de Palhoça/novembro de 2009.

Centro Educacional Infantil Carolina, em 29 de outubro/Biguaçu/SC/ 2009.

*Centro Educacional Infantil Monte Cristo, em 29 de novembro/Florianópolis/ SC/2009


8º Didascálico - Mostra de Teatro - IF-SC / em 14 de setembro / 2009.

Auditório do Instituto Federal de Santa Catarina / Campus IF-SC em 3 de dezembro / Florianópolis /SC / 2009.

IIª Semana Ousada das Artes / Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) / Biblioteca Pública do Estado de Santa Catarina / em setembro / Centro/Florianópolis/SC/2010.

Semana Nacional e 4ª feira de Ciência e Tecnologia do Instituto Federal de Santa Catarina/IFSC/Largo da Alfândega (Miramar) Centro em 15 de outubro/Florianópolis/SC/2010.

* Centro Educacional Infantil Monte Cristo/Bairro Monte Cristo/29 de outubro, em Florianópolis/SC/2010.


Feira do Livro de Florianópolis 06, 08 e 09 de novembro/Florianópolis/2010.

Centro de Educação Infantil Carolin, em Biguaçu/SC/12/09/2010 e outubro de 2011.

Manezinha Candoca com a vovó Filomena (uma Boneca de animação) - TVCOM/SC/21 de janeiro/2011.

Manezinha Candoca - Programa Valter Pereira (TVPRIMER), 25 de janeiro de 2011, 2012 e 2013 e Apresentações com entrevistas no Programa do Charles Golzane.
LOCAL: Programas de TV do Município de SJ/SC.

Em 2011 participou com sua performance: Candoca, no Evento Social da UNIVALI.
LOCAIS: Ribeirão da Ilha de SC/Florianópolis e Biguaçu/SC

* Em 2012 desenvolveu a “Oficina Literária Infantil” para crianças da rede pública do município de Florianópolis, na Biblioteca Pública Professor Barreiros Filho, no Continente. Desde então, vem se dedicando `criação literária e à arte de contar de histórias na Biblioteca Pública de SC, uma atividade de caráter voluntário, onde, quinzenalmente, atende o Grupo Literário Boca de Leão.

Neste contínuo, também confecciona peças figurativas e utilitárias, em barro, na sua maioria, retratando personagens e momentos literários, que ilustraram a primeira exposição literária da OLBL, na BPSC. Exposição que aconteceu, também, em 2013 - 2014.


6. CRIAÇÕES LITERÁRIA

* Publicações literárias do gênero conto infantojuvenil, na Revista PASSATEMPOESIA, nas edições 2012 - 2014, com 6 publicações: Mulher Oleira do Século 21, A Bailarina e o Pinto Polaco (em 3 capítulos), Benzedeiras da Ilha e outros, outros contos e publicações de eventos da OLBL; 

* Possui mais de 70 contos prontos para publicação; 

* 5 (cinco) contos de sua autoria a serem editado no primeiro livro do Grupo Literário Boca de Leão em parceria com a Biblioteca Pública de SC - BPSC/FCC, intitulado "Contar e Imaginar", organizado por Claudete T. da Mata e Evandro Jair Duarte (Bibliotecário da BPSC);

* Desenvolve trabalhos voluntários, para a formação de escritores e de Mediadores do Livro e da Leitura (Oficina Literária Boca de Leão: Oficina Permanente da BPSC), formação de contadores de histórias, contadores bonequeiros (bonecos contadores de histórias), projetos doados à BPSC (de 2012 aos dias atuais);



7. PROJETOS E PRÁTICAS:

* Oficina Literária Boca de Leão, fundada e doada à Biblioteca Pública de Santa Catarina - BPSC/FCC, em 24 de julho de 2012, com atuação até a atualidade;

* Autora dos Eventos: 
1 - "Um Dia para Contar e Imaginar", com apresentações sempre nos dias 29 e 30 de outubro de cada ano, aberto ao público em geral e de todos os lugares do Brasil, com início em 2012;

2 - "Na Távola Quadrada: Uma conversa entre contadores de histórias, escritores, poetas, cantores, dançarinos e outros atores!" Desde 2013. Sempre no mês de outubro. Em 2014 vai estar com a sua terceira edição.  

Em 02 (dois) de junho de 2014, após 2 (dois) anos de pesquisa para ver se havia outra instituição da mesma categoria, sem nada encontrar, elaborou o projeto (Estatuto Social) e fundou a Academia Brasileira de Contadores de Histórias (ABCH), de direitos nacionais, com Instalação e Posse dos primeiros Acadêmicos em 12 de dezembro de 2014, na sala de cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC/FCC), em Florianópolis/SC. É a primeira do Brasil. Em 13 de novembro de 2015, vai dar posse a mais 20 Acadêmicos e à Diretoria. Os primeiros 50 Acadêmicos, de acordo com as normas do Estatuto da ABCH, são Acadêmicos-Patronos de suas próprias Cadeiras.

Em 21 de março de 2015, inaugurou junto aos dois Grupos (Membros da Oficina Literária Boca de Leão e os Membros da ABCH), o Evento "Roda de Histórias na Praça", neta abertura escolheu a Praça XV de Novembro, Centro de Florianópolis para esta inauguração;

Em 16 de maio de 2015, onde foi plantada a ideia do Projeto "Tempo de Histórias" no Cinema do CIC a convite da Presidente da Fundação Catarinense de Cultura/FCC, coordenou o grupo de acadêmicos da ABCH, que abrilhantou o mês das mães com os contadores de histórias narrando contos de diferentes categorias, às famílias presentes na tarde deste dia, das 14h às 17h30.

* É associada da Associação dos Cronistas, Poetas e Contistas Catarinense, desde 2011.

8. PROJETOS E COORDENAÇÕES DE TRABALHOS POR CLAUDETE T. DA MATA:

* Fundadora e Coordenadora do "Grupo Teatral EXPRESSARTE: Bonecos em Movimento" (Coordenadora, produtora, diretora, bonequeira e atriz), sob a direção do ator, contador de histórias e professor de teatro Joel Vigano. 
PERÍODO: 2008 - 2011

* Exposições Literárias com Ilustrações em Barro e outras técnicas onde os elementos ilustrativos são confeccionados por Claudete T. da Mata.
LOCAL: Biblioteca Pública de SC/PBSC
PERÍODO: 2012 - 2014

* Participação na Exposição de Arte com Material Reciclado/SESC
Material levado à Exposição: "Boitatá, Tia Maricha, Vó Filomena e máscaras para atuações teatrais com Bonecos Vivos.
INSTITUIÇÕES: SENAC/Prainha e CDL
PERÍODO: 2013 - 2014

Em 12 de julho de 2012, criou a Oficina Literária Boca de Leão (OLBL). Projeto doado à Biblioteca Pública de SC, onde é ministrante voluntária da OLBL, até os dias atuais.
* PROJETOS E APRESENTAÇÕES DE RODAS DE HISTÓRIAS TRADICIONAIS E ANIMADAS: Contação de histórias em diferentes estilos: Evento "Um Dia para Contar e Imaginar" (Outubro de 2012 - 2014); Saraus de Contos, com mais de 80 apresentações de 2012 aos dias atuais), no auditório da Biblioteca Pública de SC - BPSC e outros espaços fora do município de Florianópolis, como Nova Trento e São João Batista (até 2014). 

* Em 15 e 16 de agosto de 2013, trouxe a Oficina "Contar e Encantar", com Cléo Busatto que ministrou a oficina para 42 cursistas, na BPSC. 

* Em 12 de novembro de 2013, trouxe a Professora e ministrante Beatriz Vergue, que ministrou a oficina " Mediação de Leitura: Literatura Infantil", para o Grupo Boca de Leão.

* Em 29 de outubro de 2013, na BPSC, implantou o Evento "Na Távola Quadrada: Uma conversa entre contadores de histórias, escritores, poetas, cantores, dançarinos e outros atores", com a segunda edição em 2014.

* Junto ao Evento "Um Dia para Contar e Imaginar" e "Na Tavola Quadrada...", no período noturno, nos dias 29 E 30 DE OUTUBRO DE 2014, foi ministrada a Oficina: Narração de Histórias Animadas com Origami", pela ministrante convidada, Irene Tanabe (de SP), para o Grupo Boca de Leão e Convidados. 

LOCAL: Auditório da Biblioteca Pública de SC/BPSC.

Fundou em 02 de junho de 2014, junto ao aniversário de 160 anos da BPSC, a Academia Brasileira de Contadores de Histórias, entidade de direitos nacionais e internacionais, com Sede em SC/BR, onde ocupa a Cadeira 01 na qualidade de Presidente Fundadora e Patronesse Vitalícia de sua Cadeira sem ocupações após o seu falecimento, pelos serviços prestados.

* Em 29 e 30 de outubro de 2014, trouxe a narradora e ministrante Irene Tanabe, de SP, para ministrar a "Oficina de Contação de Histórias Animadas com Origami", para o Grupo Boca de Leão e convidados.
Local: Biblioteca Pública de Santa Catarina
Florianópolis/SC

Em 12 de dezembro de 2014, coordenou e proporcionou aos primeiros Acadêmicos (15) o Primeiro Ato de Posse da Academia, realizado no CIC/FCC

Em 04 de julho de 2015, Claudete T. da Mata, Presidente Fundadora da ABCH, fez a Abertura Oficial do Projeto nascido na ABCH: "Tempo de Histórias" (entre outros título mencionado em reunião, o escolhido que deu o nome do projeto, foi este o citado pela Madrinha da Academia, a Acadêmica Maria Teresinha Debatin (em Reunião de Diretoria, realizada no dia 09 de junho/2015, aprovado por votação). O Evento aconteceu no Cinema do CIC/FCC, às 14h. TEMPO DE HISTÓRIAS vai acontecer mensalmente, neste mesmo espaço cultural aberto ao público de todas as idades. Uma ação social, cultural e artística gratuita!  

Em 13 de julho de 2015, numa parceria com a Fundação Catarinense Cultura - FCC, por meio da Academia Brasileira de Contadores de Histórias - ABCH, ao lado da Vice-Presidente da da ABCH, implantou o Projeto de Formação de Contadores de Histórias e Mediadores do Livro e da Leitura, intitulado: "ESPAÇO DE HISTÓRIAS", no Cinema do CIC/FCC, em dois horários: das 14h às 16h e das 19h às 21h, quinzenalmente. Para todos os públicos interessados, a partir dos 10 anos de idade (desde que esteja acompanhado de um responsável). Uma ação voluntária e gratuita. O Curso conta com 239 inscritos. O PÚBLICO PODE ACOMPANHAR O QUE ACONTECE EM CADA ENCONTRO, pelo blog: http://oficinaliterariabocadeleao.blogspot.com.br/

* Elaboração e coordenação dos projetos:
** "Tempo de Histórias", aberto ao público em 04 de julho de 2015, onde reúne acadêmicos da Academia Brasileira de Contadores de Histórias e outros narradores convidados.
Narrações de diferentes categorias, para todas as idades. em especial para o público infantojuvenil.
Sempre no primeiro sábado de cada mês!
Local: Cinema do Centro Integrado de Cultura - CIC/FCC
Datas: no site da FCC;
** "Espaço de Histórias" - Curso de formação de contadores de histórias, aberto em 1 de julho de 2015.
blico: Profissionais de todas as áreas de formação, alunos e professores, pais e filhos a partir dos 10 (dez) anos (desde que estejam acompanhados por um responsável), comunidade em geral.
Encontros quinzenais!
"Investimento: No espaço do CIC, é gratuito.
Fora do espaço do CIC, há que se sentar para enviar propostas. Todos os investimentos, são depositados na conta bancária da Academia Brasileira de Contadores de Histórias (ABCH), ficando 20% para esta instituição nacional e 80% para os ministrantes. 
Por serem projetos doados pela Presidente de Honra da ABCH (outro projeto doado por ela ao Brasil) à própria ABCH, todos os investimentos estão assegurados no Estatuto social da Academia, independente dos ministrantes serem ou não do quadro acadêmico, o compromisso de deixar 20% à Academia é de comum acordo entre as partes. 

* Escreveu o Estatuto social da Academia Brasileira de Contadores de Histórias - ABCH (MATRIZ);

* Autora do PROJETO – Espaço de Histórias X Experiências Entre Técnicas e Estilos: O Contador de Histórias de Cada Um
Abertura: 07 de outubro de 2015, nas dependências do SEBRAE/SC, para empresários de Florianópolis e outros municípios de Santa Catarina.

* Seu primeiro livro: Dia de Histórias na Casa da Vovó! retrata uma avozinha que ainda mantem o hábito de contar histórias para seus netos, quando eles vão visitá-la nos finais de semana. É uma avozinha que se diverte com os netos e todas as crianças de sua rua. É uma festa de guloseimas para alimentar o imaginário. Em espera de um patrocinador para publicação (registrado)

Claudete T. da Mata nunca foi premiada por nenhum órgão público ou privado, em reconhecimento aos serviço prestados à arte e a cultura. Entretanto, desde 1985, vem atuando e sempre buscando refinar a sua práxis. Atuou em sala de aula: da Educação Infantil ao Ensino Superior e no Serviço Público até a sua aposentadoria em 2011. Com mais de 90 atuações e apresentações artísticas (que há muito tempo deixou de contar), em palcos italianos, escolas, universidades, bibliotecas públicas, feiras de livros, praças, onde levou teatro de bonecos, Contação de Histórias Cênicas, peças de teatro, com participações em mostra de teatro e feiras tecnológicas, eventos sociais promovidos pelas universidades privadas, estaduais e federais, antes junto de seus alunos, depois nos períodos de 2000 aos dias atuais (agora de maneira voluntária). Foi Acadêmica da Academia de Letras de Nova Trento/SC, mas desistiu da Cadeira número 25 - Patrona Antonieta de Barros, também, deixou a prática teatral para se dedicar exclusivamente aos dois grupos e seus projetos: Oficina Literária Boca de Leão e a Academia Brasileira de Contadores de Histórias.

Os únicos prêmios e homenagens já recebidas por Claudete T. da Mata, até aqui o presente momento, foram: "Compreensão e Apoio Familiar"; "Saúde e Disposição"; "Potencialidade para Imaginar, Criar e Recriar o Mundo", para continuidade de seus estudos e pesquisas; "Doação da sua Práxis"; "Sorriso das Crianças de todas as idades"; "Confiança e Acolhimento dos Amigos de Verdade"; "Parceria da Biblioteca Pública de SC e da Fundação Catarinense de Cultura", "CORAGEM sob a PROTEÇÃO do maior Contador de Histórias" que a humanidade já teve, e que também não foi visto no tempo em que viajava pelo mundo; "Vontade de Aprender mais e mais"... Com o desejo ter a sua persona respeitada enquanto Ser Humano, e no que faz com a Alma ligada ao Coração sempre aberto e responsável por tudo o que cativa desde o seu nascimento.

Contato: 
Claudete T. da Mata: claudete_tm@hotmail.com - Facebook: Claudete T. da Mata;
https://www.facebook.com/groups/academiabrasileiradecontadoresdehistorias/
https://www.facebook.com/BruxaDaMata
blog: http://oficinaliterariabocadeleao.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/groups/grupobocadeleao/